Home / Dicas / Combata à TPM através da Nutrição Funcional
Combata à TPM através da Nutrição Funcional

Combata à TPM através da Nutrição Funcional

TPM. Como pode três letrinhas provocar tantos problemas? Pois é, a temível Tensão Pré – Menstrual participa uma vez por mês da vida da mulher e vira tudo do avesso.

Algumas sofrem mais, outras menos, mas, todas concordam que não é fácil conviver com ela. Também pudera, como ter a rotina transformada por alterações como, ansiedade, tensão, vontade de comer doces, dor de cabeça, fadiga, depressão, choro fácil, retenção de líquido, edema, mamas sensíveis, ganho de peso?

Estes são algumas das alterações relatadas e a lista de causas é extensa, pois pode estar associadas ao fígado, desequilíbrio hormonal, estresse, consumo excessivo de carne vermelho e alimentos processados ricos em açúcar e sal. Por isso, é importante usar a alimentação como aliada para que, de maneira positiva, ajude a equilibrar o organismo e corrigir as carências ajudando a superar os danosos sintomas da TPM.

Vamos às dicas?

  • Consuma alimentos que vão ajudar no equilíbrio hormonal: cereais integrais, inhame, arroz integral, sementes de girassol, legumes, abacate, dentre outros.
  • Os ácidos graxos essenciais também são necessários para o organismo e podem ser encontrados em peixes como a cavala, sardinha, truta, arenque, salmão e em sementes como a linhaça, gergelim, abóbora e também nas nozes.
  • As hortaliças ricas em magnésio podem atenuar sintomas e reduzir a retenção de líquidos. Procure consumir os verde-escuros como rúcula e agrião, uma boa salada com três cores de hortaliças e um óleo de gergelim com moderação é uma boa opção.
  • O aspargo fresco tem ação diurética e também pode ser incluído no cardápio semanal. A TPM pode estar associada ao metabolismo hepático, portanto, chás amargos são bem vindos, tente o de boldo, carqueja, alcachofra que ajuda na desintoxicação.
  • Para cozinhar, use óleo de canola, fonte de vitamina E, nas saladas, um bom azeite de oliva extra virgem, sempre com moderação.
    Para minimizar sintomas é importante também evitar alguns alimentos restrinja ou suprima bebidas gasosas, café, álcool, carne vermelha, açúcar, alimentos com gordura saturada.
  • O importante é se alimentar adequadamente ao longo do dia a cada 3 horas, mantendo sua glicemia regulada, favorecendo o humor e a energia. O nutricionista elaborará o plano alimentar individual adequado em energia e nutrientes.
  • Para diminuir edemas e produzir bem estar e beleza, faça uma drenagem. Melhora bastante as sensações.

Leave a Reply

Your email address will not be published.